Alegrias é uma dupla formada por dois Mcs que se parecem em estilo e batida, antes conhecido como AXL, Axel Alberigi, abre o caminho e segue contra o herege e faz uma pancada nos auto falantes, junto com o Bruno que segue o fluxo artístico do companheiro musical.

Antes de qualquer análise, é essencial que cada palavra seja entendida, não se confunda, sem tentar se entender, seja procurar o significado da rosa do vento, ou o que você mesmo entende com esquerda torta, solta os bico do zoológico, fecho com raio e trovão, ou todas os versos que não são tão diretos nessa e de qualquer música, debata com algum conhecido, comigo, algum redator do RND, com qualquer pessoa, reflita e sinta a música de verdade.

Começando com um corte da música “Senhor São João”, oferecendo a música como oferenda, misturando religiões, menções e bençãos, como numa comunhão de espírito entre os cantores, elevando a alma entre a batida dos tambores. Tem dois versos que gostaria de destacar, onde o Axel diz “pessoas mananciais, jazem“, “navegador da Lei dos Sete mares“, me faz relembrar da música do SínteseGotas de veneno“, onde o Neto faz todas as comparações possíveis com a água, o que acontece com o Axel nos seus versos, comparando ele mesmo com um comandante nos mares, controlando as águas como quem controla os ares, em respiração de milhares, e transpiração pelos ares, ele num show, fazendo um flow que balança as ondas de mãos erguidas em pares, e recebe isso como o maior presente, viver nesse mundo e poder repassar essa mensagem, para que se tenha menos pessoas jazidas por mananciais, que foram levadas pelo ralo de males reais.

O Bruno faz a linha astral, sobe por um tom celestial ele trilha o rumo das Alegrias, faz suas rimas e versos, diretrizes contra extremos laterais, seguindo com a ajuda de vibrações paternais, faz a tinta da caneta cantar a rima que incendeia a folha e cria uma forma única de rimas.

Assista ao clipe, reassista e busque entender cada parte da arte crítica e as referências usadas:

FICHA TÉCNICA

Deixe um comentário