Quando Issa Paz e Sara Donato resolvem soltar um trampo, a gente já imagina o quanto de peso vem agregado em cima de um beat, né verdade? Daí, a dupla resolve se juntar com Souto Mc e Luana Hansen pra lançar o cypher intitulado “Machocídio“, um som cheio de realidades, vivências e críticas, detonando diretamente os machistas dentro do Hip Hop. Bom, já consigo prever muita choradeira, porém, sinto informar que só lamento! As minas vieram pra calar a boca de geral mesmo, sem miséria.

Machocídio” é definitivamente um soco na boca do estômago, ou seja, nada mais que uma pesada reflexão que os machistas do RAP vão ter que sentir, ouvir, rever seus conceitos e definitivamente mudar suas atitudes.

Alem da vontade de destruir o patriarcado — sistema social em que os homens mantêm o poder primário e predominam sempre — as minas trazem informações sobre a própria vivência na cena e respondem aos insultos e opressão de uma forma direta e agressiva, mostrando que não se deve ter cautela quando se trata de combater o opressor.

O vídeo tem produção independente da DMNA (Decidimos Mover Nossas Asas).

Trecho da música
Isso é veneno letal, sem aviso sem bula
Foda-se o rap game, a regra que cês cria nos pula cria de Wu-Tang Clan
Na quebra das clavícula
E papo de desconstrução aqui só serve pra sua mandíbula
– Souto Mc

DEIXE UM COMETÁRIO